Dia do Engenheiro Eletricista!

No dia 23 de novembro é comemorado o Dia do Engenheiro Eletricista.

A escolha da data é uma referência a fundação, no ano de 1913, do Instituto Eletrotécnico de Itajubá, uma das maiores escolas de Engenharia do País. 

O Engenheiro Eletricista, profissional especializado em todos os âmbitos ligados à energia elétrica, desde a geração, a transmissão, o transporte até a distribuição, é referenciado amanhã, 23 de novembro, Dia do Engenheiro Eletricista. Esses profissionais têm uma extensa área de atuação, podendo desempenhar suas funções em projetos de eletrotécnica direcionados à potência da energia, na construção e aplicação de sistemas de automação e controle em linhas de produção industrial, no desenvolvimento de componentes eletroeletrônicos, na operação e manutenção de equipamentos em hospitais e clínicas, em projetos de instalações elétricas em indústrias, comércios e residências e, ainda, com projetos e construção de usinas hidrelétricas, termelétricas e nucleares.

O mercado de trabalho para engenheiros eletricistas, assim como para as outras engenharias, está em alta. Alguns dos fatores que aquecem o setor foram as obras de infraestrutura necessárias para o crescimento do País, como a construção de usinas geradoras de energia elétrica, obras relacionadas à Copa do Mundo de 2014 e às Olimpíadas de 2016 e a descoberta do pré-sal.

As áreas de eletrotécnica e automação têm absorvido grande parte dos profissionais, mas os segmentos de pesquisa e desenvolvimento em empresas de energia, computação e telecomunicações também têm se destacado como um grande espaço para os engenheiros eletricistas. As melhores oportunidades para esses profissionais no Brasil estão nos polos industriais do Sul e Sudeste, contudo, o desenvolvimento das regiões Norte e Nordeste geram expectativas de ampliação na demanda por engenheiros eletricistas.

Resultado

Atribuições aseguradas pela RESOLUçãO Nº 218, DE 29 JUN 1973


Discrimina atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, usando das atribuições que lhe conferem as

letras d e f, parágrafo único do artigo 27 da Lei nº 5.194, de 24 DEZ 1966,

CONSIDERANDO que o Art. 7º da Lei nº 5.194/66 refere-se às atividades profissionais do engenheiro, do arquiteto e do engenheiro agrônomo, em termos genéricos;

CONSIDERANDO a necessidade de discriminar atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia em nível superior e em nível médio, para fins da fiscalização de seu exercício profissional, e atendendo ao disposto na alínea b do artigo 6º e parágrafo único do artigo 84 da Lei nº 5.194, de 24 DEZ 1966,

RESOLVE:

Art. 1º - Para efeito de fiscalização do exercício profissional correspondente às diferentes modalidades da Engenharia, Arquitetura e Agronomia em nível superior e em nível médio, ficam designadas as seguintes atividades:

Atividade 01 - Supervisão, coordenação e orientação técnica;

Atividade 02 - Estudo, planejamento, projeto e especificação;

Atividade 03 - Estudo de viabilidade técnico-econômica;

Atividade 04 - Assistência, assessoria e consultoria;

Atividade 05 - Direção de obra e serviço técnico;

Atividade 06 - Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer técnico;

Atividade 07 - Desempenho de cargo e função técnica;

Atividade 08 - Ensino, pesquisa, análise, experimentação, ensaio e divulgação

técnica; extensão;

Atividade 09 - Elaboração de orçamento;

Atividade 10 - Padronização, mensuração e controle de qualidade;

Atividade 11 - Execução de obra e serviço técnico;

Atividade 12 - Fiscalização de obra e serviço técnico;

Atividade 13 - Produção técnica e especializada;

Atividade 14 - Condução de trabalho técnico;

Atividade 15 - Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo

ou manutenção;

Atividade 16 - Execução de instalação, montagem e reparo;

Atividade 17 - Operação e manutenção de equipamento e instalação;

Atividade 18 - Execução de desenho técnico.

Art. 8º - Compete ao ENGENHEIRO ELETRICISTA ou ao ENGENHEIRO ELETRICISTA, MODALIDADE ELETROTéCNICA:

I - o desempenho das atividades 01 a 18 do artigo 1º desta Resolução, referentes à geração, transmissão, distribuição e utilização da energia elétrica; equipamentos, materiais e máquinas elétricas; sistemas de medição e controle elétricos; seus serviços afins e correlatos.

Art. 9º - Compete ao ENGENHEIRO ELETRôNICO ou ao ENGENHEIRO ELETRICISTA, MODALIDADE ELETRôNICA ou ao ENGENHEIRO DE COMUNICAçãO:

I - o desempenho das atividades 01 a 18 do artigo 1º desta Resolução, referentes a materiais elétricos e eletrônicos; equipamentos eletrônicos em geral; sistemas de comunicação e telecomunicações; sistemas de medição e controle elétrico e eletrônico; seus serviços afins e correlatos.

 

ABEE-SP 

 A Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas, ABEE-SP, é uma sociedade civil, de direito privado, com âmbito Estadual, sem fins econômicos e com personalidade jurídica própria. Foi fundada em 12 de setembro de 1956 como uma sociedade civil de abrangência estadual. A entidade nasceu em uma sala do oitavo andar do Instituto de Engenharia, no Palácio Mauá e teve como idealizadores, os engenheiros José Aflalo Filho, Helio de Caíres e Nelson Lopes Leão. Entre as iniciativas da entidade, destacam-se: a colaboração com o DAEE, Departamento de Águas e Energia Elétrica, e a estruturação da Companhia Hidroelétrica do Rio Pardo, Usina Elétrica do Paranapanema e Centrais Elétricas de Urubupungá, atividades que deram origem a criação da CESP - Companhia Energética de São Paulo.

Nova Sede

Com o apoio de nossos associados, conquistamos  uma nova sede, localizada no bairro da Vila Prudente, próximo a estação do METRÔ. A nova Sede conta com uma sala de reunião ampla e confortável, um Posto de Serviços (UPS) do CREA-SP, computadores a disposição dos profissionais e associados, espaço  com churrasqueira para realização de confraternizações, estacionamento coberto. A ABEE-SP abre suas portas para você, nosso estimado associado, que é o motivo de nossos esforços contínuos. Ressaltamos a importância de selecionar o n° 056 ou 56 no campo 7. Entidade de Classe, presente na Anotação de Responsabilidade Técnica – ART, assim você estará ajudando e valorizando o trabalho que nossa entidade presta em defesa de nossa modalidade.

 

width=343

 

 

Conveniados

/  ResultadoResultado  /Resultado