Firma britânica cria taxa flexível de recarga de carro elétrico.

O custo de recarga dos carros elétricos pode estar prestes a cair, e muito, no Reino Unido.

A fornecedora de energia renovável Octopus Energy está lançando a primeira tarifa por tempo de uso do Reino Unido, que permite que os consumidores escolham o horário mais barato para recarregar seus carros, lavar roupas ou acionar aquecedores acumuladores de calor. A taxa flexível da fornecedora de energia gerará economia para os usuários e reduzirá a demanda na rede nos horários de maior uso do dia.

O monitor de preços de meia hora comercializado como Agile está em operação com cerca de 150 clientes em caráter experimental desde março. Os usuários com seus próprios veículos elétricos reduziram em 47 por cento o consumo no horário de pico, segundo relatório da Octopus. O consumidor médio pode economizar cerca de 188 libras (US$ 243) por ano na conta de luz.

A tarifa também poderia reduzir os bilhões de libras necessários para atualizar as antigas redes de energia do Reino Unido, descentralizando a demanda por meio de uma rede inteligente. Além disso, ajudará a apoiar o mercado de veículos elétricos, informou a Octopus.

Nossa infraestrutura atual definitivamente não está à altura da tarefa, disse Greg Jackson, CEO da Octopus, em entrevista. Há controvérsias no mundo da energia, e muita preocupação, porque à medida que eletrificarmos os veículos, a rede elétrica especialmente as redes de distribuição locais não conseguirá atender a demanda.

Uma grande incógnita em relação aos veículos elétricos é qual será o impacto da recarga no consumo. Se as pessoas chegarem em casa do trabalho e se conectarem no momento em que o uso já está no nível mais elevado, a rede pode ter dificuldades para atender a demanda. Com uma tarifa pelo tempo de uso, ficará mais barato recarregar fora dos horários de pico.

A transição do Reino Unido para os veículos elétricos pode se tornar o catalisador de que os consumidores de energia precisam para conhecer os mercados de energia e procurar as fornecedoras de eletricidade que oferecem menores preços.

O legislativo e o setor de energia têm esperanças de que os consumidores de energia mais conscientes terão casas inteligentes, eletrodomésticos automatizados e veículos elétricos. É possível que haja até 11 milhões de veículos elétricos no Reino Unido até 2030 e até 36 milhões até 2040, segundo relatório da empresa National Grid.

Precisamos fazer tudo o que pudermos para acelerar a descarbonização, e não para desacelerá-la, porque nossos sistemas não conseguem lidar com isso, disse Jackson. A realidade é que precisamos de uma rede inteligente para espalhar a carga e isso provocaria um impacto significativo na velocidade e no custo da redução das emissões de carbono.

/

http://www.velatinoamericano.com.br/pt/noticias/mercado-e-industria/firma-britanica-cria-taxa-flexivel-de-recarga-de-carro-eletrico

Conveniados

/  width=149 

width=110 /